procurando, encontre

13 março, 2010

Como conquistar um gato em quatro dias

No primeiro dia fui simpático. Cheguei sorrindente.
Percebi que ele evitava os meus olhares.
E as vezes até fugia de mim.
Respeitei seu espaço.

No segundo dia me fiz de desinteressado.
Olhava de rabo de olho e percebia que ele estava me espreitando.

No terceiro dia cedi meu lugar para ele.
Com isso conquistei sua atenção.
Fiz alguma brincadeira divertida e deixei claro que estava afim dele, e não de seu amigo.

No quarto dia, quando eu menos espero ele está na porta do meu quarto. Me chama.
Se aproxima e espera o abraço. Ronrona coisas meigas. Se entrega aos meus braços.
Passa a me seguir por toda a casa, ameaça brincadeiras, e me olha nos olhos.

Está feito. Pequeno*, o gato, agora só quer saber de mim.
E sofrerá quando eu partir.

Mas ele vai sobreviver.


*Pequeno é o gatinho da querida @luizalafuente, o amigo dele é o gato Dante, que conheço desde meus tempos de Viçosa/MG.

2 comentários:

Luiza Lafuente disse...

Como todo bom felino, Pequeno guardará a saudade só pra ele e quando você voltar, te arranha para te punir ^^

Elizabete disse...

E não que esse texto tbm é perfeito pra trabalhar a imaginação e criatividade de crianças!!! já tens dois contos pro seu livrinho rsrsrs