procurando, encontre

30 março, 2010

'Lulina e Bruno Morais contra o dragão da preguiça dominical'

Domingo foi o dia de prestigiar 'Lulina e Bruno Morais contra o dragão da preguiça dominical', no Auditório do Ibirapuera. A proposta foi ótima, vencer a preguicinha de domingo e fazer uma farra musical puxada pelos dois jovens e talentosos cantores, e seus convidados e amigos, Rômulo Fróes, Luiz Chagas, Mauricio Pereira, Karina Buhr e Mauricio Tagliari.

Lulina já era minha conhecida, primeiro ouvi 'balada de paulista' - ♫ ♪ 'puta meu, tipo nossa cara!' ♫ - e depois o cd inteiro. As canções de Lulina trazem um pouco de fantasia e de infância, lado a lado com temas maduros, em arranjos musicais sofisticados. Seu show foi apontado pelo Guia da Folha como o 5º melhor show nacional de 2009. Há alguns meses cheguei a ir ao Sesc Vila Mariana com um amigo para tentar assistir a este famoso show, mas chegando lá, infelizmente, tinha apenas um convite disponível, e éramos dois.

Tanto Lulina quanto Bruno Morais trazem no repertório canções para pessoas apaixonadas. Bruno canta seduzindo, sussurrando e com muita disposição. Ao final do show comprei o cd dele. Ouço e reouço sem parar. Destaque para 'Hino dos Corações Partidos F. C.', que abre o disco, e sem dúvida me conquistou. Uma surpresa muito especial ficou por conta da apresentação de duas músicas inéditas, segundo eles, compostas em guardanapos de papel, em mesa de bar. uma das novas músicas diz assim: 'e a verdade sozinha, tão cinza nem se faz notar... não saber aparecer, e eu fico aqui com as cores, sem saber por que... por que... as cores me atraem, é tanta ilusão... isso não é poder que se dê para qualquer um... e a verdade sozinha, tão cinza nem se faz notar...'

No palco o clima informal imperou, Bruno Morais fez diversas dancinhas e Lulina tentou acompanhar timidamente. Maurício Pereira surpreendeu Lulina, e ao público, quando a tirou para dançar um tango, com direito ao clássico passo final (aquele no qual a dama fica caída sobre a perna do cavalheiro, aguardando um beijo ardente). Karina Buhr dividiu os vocais com Lulina na canção 'Meu príncipe', como duas amigas que se divertem em uma festa. Quando o show estava quase encerrando os filhos do Maurício Tagliari fizeram participação especial, um ao violino, e o caçula ao bongo. A descontração deste último animou a todos, principalmente quando ele assumiu os vocais junto com Lulina, Bruno e Karina para cantar 'balada de paulista', que fechou a noite.

Tomara que novas batalhas contra o dragão da preguiça sejam travadas!

Mais sobre os artistas em:
www.lulilandia.com.br e www.brunomorais.com.br

**este texto também foi publicado no estúdio ao vivo.

Nenhum comentário: