procurando, encontre

13 abril, 2010

As melhores coisas do mundo

Neste sábado participei da pré-estreia do filme 'As melhores coisas do mundo', no Espaço Unibanco do Shopping Frei Caneca. a sessão era especial para educadores, e além da exibição do filme houve um debate entre público, a diretora do filme Laís Bodansky e Gilberto Dimenstein, que junto com Heloisa Prieto é autor da série de livros 'Mano', no qual o filme foi inspirado.



Laís Bodansky, que também dirigiu os excelentes 'Bicho de Sete Cabeças' e 'Chega de Saudades', deixou bem claro que o filme não é e nem quer ser didático mas que, assim como outros filmes, pode ser utilizado para reflexões dentro de sala de aula. Ele aborda uma série de temas importantes como diversidade, sexualidade, suicídio, relações familiares, identidade, entre muitos outros.

O filme agrada por não repetir fórmulas de novelas adolescentes. Em diversos momentos conseguiu comover o público. Os atores estão em excelente forma. O protagonista Mano é interpretado por Francisco Miguez. Denise Fraga, que interpreta a mãe de Mano, surpreende em um papel dramático, com cenas intensas. Em uma delas a personagem tem um momento de dor emocional e começa a arremessar ovos na parede da cozinha, me lembrou histórias de Clarice Lispector. Fiuk, que atualmente está em 'Malhação', se destaca como o irmão mais velho perdidamente apaixonado.

O roteiro do filme contou com uma pesquisa intensa em escolas particulares de São Paulo, com o objetivo de retratar as personagens de forma fiel ao cotidiano do jovem estudante de classe média paulistano. E que reflete o cotidiano de jovens estudantes de outras regiões do país. Os adolescentes liam as cenas e diziam se aquilo poderia acontecer de fato ou não, e sugeriam novas situações para o filme. Durante o debate foi destacada a trilha sonora do filme que vai de 'Something' dos Beatles à composições de jovens bandas paulistanas desconhecidas, descobertas no processo de análise do roteiro nas escolas. Ouça a trilha sonora do filme.

'As melhores coisas da vida' é lançado junto com um projeto educativo idealizado pela Casa Redonda Cultural, com consultoria pedagógica do Gilberto Dimenstein, que pretende gerar um amplo debate nas escolas sobre valores na adolescência. O material que serve de apoio para esse projeto foi distribuido durante a sessão e poderá ser baixado no site do filme.

'As melhores coisas do mundo' deve estrear no dia 16 de abril.

2 comentários:

amanda disse...

Oi Rafael tudo bem? bacana seu post sobre o filme, trabalho na Casa Redonda e a data de estréia do filme nos cinemas é dia 16 de abril (sexta-feira próxima). Temos ainda um debate folha no dia 15/04 no arteplex da augusta as 20h00. Abraços! Amanda

Leco Vilela disse...

hoaohaohoha eu tbm fui na pré-estréia, mas no Cinesesc... Ótimo filme. beijos