procurando, encontre

09 junho, 2010

A 'Revista da Cultura' e minha reportagem

Então, lembra quando eu postei "índios e livros", que eu avisei que vinha novidade boa por ai... pois eh! A partir de hoje chega às lojas da Livraria Cultura a edição de junho da Revista da Cultura. E a reportagem de capa é minha!! Escrevi sobre quantas línguas falamos no Brasil, com o apoio de pesquisadores de norte a sul do país, inspirado pelo Censo 2010 e pelas experiências que tive com comunidades étnicas na época em que escrevi para a Revista do Observatório Itaú Cultural.

Sobre a foto acima, tirada pelo querido @lucasguedes, remete a frase colada no meu notebook, do Oswald de Andrade, extraída do manifesto antropófago, que diz: "só a antropofagia nos une."

Segue abaixo um trecho da reportagem, que continua no site da Revista da Cultura. Depois que devorar meu texto, me diga o que achou...



A maioria dos brasileiros aprende a língua portuguesa com os seus familiares. Frequenta escolas regulares nas quais tem aulas de matemática, ciências e estudos sociais, ministradas em português. E cresce ouvindo falar da importância de estudar inglês e, se der tempo, também saber espanhol, mas que nesta outra língua é possível enrolar e falar portunhol. Muitos desses acreditam que ser brasileiro e falar português são sinônimos, mas não são.

Em um passeio rápido pelos diversos estados brasileiros, é fácil perceber a diversidade do português falado. Palavras iguais com usos diferentes, expressões específicas de determinadas regiões, pronúncias mais abertas ou fechadas, falas cantadas, mansas ou aceleradas. Uma audição mais atenta irá reparar que há, ainda, outros falares.

Além do nosso português, existem no Brasil diversas comunidades étnicas formadas por cidadãos que falam apenas a sua língua materna, aquela ensinada por seu grupo familiar. Ou que falam o português como segundo idioma, por necessidade de se comunicar com outros grupos. São comunidades indígenas, quilombolas e de descendentes de imigrantes. Juntas, somam 1,5 milhão de pessoas falando cerca de 200 línguas brasileiras, sendo 180 indígenas.

continua...

Um comentário:

Elizabete disse...

Já tive a oportunidade de ler o texto original e é admirável saber que em nosso país se falam tantas línguas... Rafa mais uma vez parabéns e sucesso!!!! (amore estou mto orgulhosa de vc rsrs te amo mto!)