procurando, encontre

03 janeiro, 2013

Retrospectiva cultural 2012



Em 2012 resolvi dedicar boa parte do meu tempo livre ao Teatro. Era hora de deixar de ser apenas espectador e tornar-se um protagonista. Acreditei que para deixar de ser apenas espectador, seria necessário ser muito espectador. E que era preciso conhecer muito. Conhecer companhias, diretores, atores, cenógrafos e dramaturgos. Conhecer peças, teatros e outros espaços cênicos. Conhecer teóricos e críticos. Tinha a intenção de escrever sobre cada uma dessas experiências. Mas quanto mais eu mergulhei neste universo, mais acreditei ser necessário conhecer ainda mais sobre ele. Acabei não escrevendo. Mas guardei muitas lembranças, me inspirei e aprendi muito.

Foram cerca de cento e vinte espetáculos, meia dúzia de cursos e algumas peças lidas. Assisti encenações maravilhosas, vi coisas muito boas e outras que o tempo fará o favor de apagar da minha memória. 

Conheci especialmente o trabalho desenvolvido pela Cia. Hiato. Em fevereiro, participei de um workshop chamado Dramaturgia da Cumplicidade, ministrado pelo Leo Moreira, no Centro Cultural B_arco, e tive a oportunidade de conhecer um pouco sobre o processo de cada um dos espetáculos criados pelo jovem diretor. Em junho, fui selecionado para um workshop de Dramaturgia promovido pela Hiato e tive a oportunidade de acompanhar uma parte do desenvolvimento do projeto Ficção, que reflete sobre os limites entre a realidade e a ficção. Em outubro, conferi o primeiro resultado desse novo trabalho da companhia, os seis monólogos apresentados no Espaço Cênico do Sesc Pompéia. Neste meio tempo, revi e li O jardim. Assisti pela primeira vez Cachorro Morto. Prestigiei o espetáculo Menor que o mundo, inspirado em Drummond, que o Leo fez à parte da Hiato.

Barafonda, Os bem intencionados, Isso te interessa?, O idiota, Recusa e Aborígene em Metrópolis  foram espetáculos que me tocaram especialmente. Os diálogos com os amigos Danilo Grangheia, Eli Ridolfi, Kil Abreu e Marcus Leoni foram fundamentais para ampliar horizontes, diminuir preconceitos, esclarecer dúvidas e somar ideias. O resultado de tudo isso foi a criação de dois textos para teatro – Feliz aniversário, inscrito no Dramaturgias Urgentes (CCBB-SP), e Histórias de bicicleta, inscrito no Núcleo de Dramaturgia (Sesi-British Council) – e a conquista de uma vaga no curso de Dramaturgia da SP Escola de Teatro.

A seguir, confira a lista completa de peças, leituras e outras experiências culturais que tive em 2012.

Teatro - Encenação
- Prazer, da companhia mineira Luna Lunera, com a colaboração de Jô Bilac. No CCBB - SP
- Disney Killer, de Philip Ridley, com direção de Darson Ribeiro. No CCSP
- Recusa, de Luís Alberto de Abreu, com direção de Maria Thais. Com a Cia. Teatro Balagan. Na SP Escola de Teatro
- Acordes, versão do espetáculo Das Badener Lehrstück Vom Einverständnis, de Bertolt Brecht, com direção de José Celso Martinez. No Teatro Oficina
- O homem, a besta e a virtude, de Luigi Pirandello, com direção de Marcelo Lazzaratto. No Sesc Bom Retiro.
- Lulu, baseado nas peças O espírito da terra e A Caixa de Pandora, de Frank Wedekind, com direção de Bob Wilson. Músicas originais: Lou Reed. Com a Companhia Berliner Ensemble
- Terra de Santo, de Newton Moreno, com direção de Fernando Neves e Newton Moreno. Com cia Os Fofos Encenam.
- Ato de Comunhão, de Lautaro Vilo, com direção de Gilberto Gawronski e Warley Goulart.
- Ópera de Três Vinténs, de Bertolt Brecht, com direção de Bob Wilson. Com a Companhia Berliner Ensemble. No Sesc Pinheiros;
- Madame B - Fita Demo, de Jorge Louraço, com direção de Cibele Forjaz. No Sesc Pinheiros;
- Música para cortar os pulsos, de Rafael Gomes. No Teatro Augusta;
- Dentrofora, de Paul Auster, com direção de Carlos Ramiro Fensterseifer. No Sesc Consolação;
- Toda nudez será castigada, de Nelso Rodrigues, com direção de Antunes Filho. Com CPT/Sesc e Grupo de Teatro Macunaíma. No Sesc Consolação;
- Ficção - Fernanda Stefanski e Aline Filócomo, com direção de Leonardo Moreira. Com a Cia. Hiato. No Sesc Pompéia;
- Ficção - Luciana Paes e Paula Picarelli, com direção de Leonardo Moreira. Com a Cia. Hiato. No Sesc Pompéia;
- Ficção - Maria Amélia Farah e Thiago Amaral, com direção de Leonardo Moreira. Com a Cia. Hiato. No Sesc Pompéia;
- Júlia, de August Strindberg, com direção de Christiane Jatahy. No Sesc Belenzinho;
- Pais e filhos, de Ivan Turguêniev, com direção de Adolf Shapiro. Com a Mundana Companhia. No Sesc Belenzinho;
- Rabbit, de Nina Raine, com direção de Eric Lenate. Com a Companhia Delas. No Teatro Eva Herz.
- Aqui, de Martina Sohn Fischer, com direção de Juliana Galdino. Na Mostra Brasileira de Dramaturgia Contemporânea, no Club Noir.
- Cachorro morto, de Leonardo Moreira. Com a Cia. Hiato. No Centro Cultural Mariantonia.
- Aborígene em Metrópolis, da trilogia Jaguar Cibernético, de Francisco Carlos. No Teatro Aliança Francesa.
- Dorotéia, de Nelson Rodrigues, com direção de João Fonseca. No Teatro Raul Cortez.
- Um verão familiar, de João Fábio Cabral, com direção de Eric Lenate. Com a Cia. dos Inquietos. No Sesc Belenzinho.
- (Em) branco, de Patrícia Kamis, com direção de Roberto Alvim. Na Mostra Brasileira de Dramaturgia Contemporânea, no Club Noir.
- Cidade Desmanche, de José Fernando Azevedo, com a co-direção de Lucienne Guedes. Com o grupo Teatro de Narradores. No Espaço Maquinária.
- Serpente Verde, Sabor Maçã, de Jô Bilac e Larissa Câmara, com direção de Lavínia Pannunzio. No Espaço Parlapatões.
- Os bem-intencionados, de Grace Passô. Com a Cia. Lume Teatro. No Sesc Pompéia.
- Eu é um outro, de Arthur Rimbaud, com dramaturgia de Pedro Brício e direção de Isabel Cavalcanti. No Teatro Poeirinha.
- Os mamutes, de Jô Bilac, com direção de Inez Viana. Com a Cia. Omondé.
- O Jardim, de Leonardo Moreira. Com a Cia. Hiato. No Centro Cultural Mariantonia;
- O livro de itens do paciente Estevão (x2), inspirado no livro O Paciente Steve, de Sam Lipsyte, com direção de Felipe Hirsch. Com a Companhia Sutil e convidados. No Sesc Copacabana e no Sesc Belenzinho;
- Romeu e Julieta, de Shakespeare, com direção de Gabriel Vilela. Com o Grupo Galpão. No Parque da Juventude;
- Adeus à carne ou Go back to Brazil, de Michel Melamed. No Sesc Santana;
- A primeira vista, de Daniel MacIvor, com direção de Enrique Diaz. Com a Cia. dos Atores. No Teatro Alfredo Mesquita;
- Isso te interessa? (x2), de Noëlle Renaude, com direção de Marcio Abreu. Com a Companhia Brasileira de Teatro. No Sesc Belenzinho;
- Valsa n.º 6, de Nelson Rodrigues, com direção de Eric Lenate. (sala de ensaio);
- Um número, de Caryl Churchill, com direção de Pedro Neschling. No Sesc Belenzinho;
- Estamira - beira do mundo, com Dani Barros, com direção de Beatriz Sayad. No Sesc Pompéia;
- As Suplicantes (x2), de Ésquilo, com direção de Roberto Alvim. Com a cia. Club Noir. No Club Noir;
- J.T. Leroy - Um conto de fadas punk, de Luciana Pessanha, com direção de Paulo José e Susana Ribeiro. No Sesc Consolação;
- Assombrando Júlia, de Alan Ayckbourn, com direção de Alex Tenório. No Sesc Pinheiros;
- Bom Retiro 958 metros, de Joca Reiners Terron, com direção de Antonio Araújo. Com a Cia. da Vertigem. Nas ruas do Bom Retiro;
- Barafonda, criação e direção da Cia. São Jorge de Variedades. Nas ruas da Barra Funda;
- The Strange Undoing of Prudencia Hart, de David Greig, com direção de Wils Wilson. No Festival Cena Brasil Internacional. No Pacha Ynti Bar;
- The Pillowman, de Martin McDonagh, com direção de Bruno Guida e Dagoberto Feliz. No Viga Espaço Cênico;
- Órfãos, de Dennis Kelly, com direção de Clara Carvalho. No Festival Cultura Inglesa. Na Cultura Inglesa Pinheiros;
- O senhor dos sonho, com a Cia. Truks. Na Biblioteca Infantil Monteiro Lobato;
- Menos emergências, de Martin Crimp, com direção de Juliana Galdino. No Festival Cultura Inglesa. Na Cultura Inglesa Pinheiros;
- Il Viaggio, adaptação de “Il viaggio di G. Mastorna”, de Federico Fellini, por Marcelo Rubens Paiva, , com direção de Pedro Granato. No Sesc Bom Retiro;
- Foi Carmen, de Antunes Filho. No Sesc Consolação;
- O salão de baile elétrico, de Enda Walsh, com direção de Cristina Cavalcanti. No Festival Cultura Inglesa. Na Cultura Inglesa Pinheiros;
- Fogo-fátuo, de Samir Yazbek, com direção de Antônio Januzelli. Com a Cia Teatral Arnesto nos Convidou;
- O samba, com direção de Cristiane Paoli Quito. Com a Re.Ver.Em.Cia BRASILEIRA. No Sesc Belenzinho;
- Caravana - memórias de um picadeiro, de Luís Alberto de Abreu, com direção de Chico Pelúcio. Com o Circo Roda;
- Amante, inspirada em A Amante Inglesa, de Marguerite Duras, com direção de Roberto Alvim. No CCBB-SP;
- Ópera dos vivos, de Sérgio de Carvalho. Com a Companhia do Latão. No Teatro de Arena;
- PPP@WllShkspr.br, de Adam Long, Jess Borgeson e Daniel Singer, com direção de Emílio Di Biasi. Com Os Parlapatões. No Espaço Parlapatões;
- Breu, de Pedro Brício, com direção de Maria Silvia Siqueira Campos e Miwa Yanagizawa. No Sesc Belenzinho;
- Bichado, de Tracy Letts, com direção de Zé Henrique de Paula. No Núcleo Experimental;
- Sem pensar, de Anya Reiss, com direção de Luiz Villaça. Na Virada Cultural - SP;
- Os sete gatinhos, de Nelson Rodrigues, com direção de Nelson Baskerville. Na Virada Cultural - SP;
- Une puce, épargnez-la, de Naomi Wallace, com direção de Anne-Laure Liégeois. Na Comédie Française - Paris;
- Late Night Gimp Fight, com direção de Steve Marmion. No Soho Theatre - Londres;
- Swamp Juice, de Jeff Achtem. No Soho Theatre - Londres;
- The Suit, de Peter Brook. No Teatro Bouffes du Nord - Paris;
- Hiroshima mon amour, de Marguerite Duras, com direção de Christine Letailleur. No Théâtre de la Ville;
- Sunderland, de Clément Koch. No Petit Theatre de Paris;
- A última gravação de Krapp, de Samuel Beckett. Com Robert Wilson. No Sesc Belenzinho;
- Helena pede perdão e é esbofeteada, de Alexandre Dal Farra, com direção de João Otávio. Com o grupo Tablado de Arruar. No Largo de Santa Cecília;
- Mistero Buffo, de Dario Fo, com direção de Neyde Veneziano. Com a Cia LaMínima. No Teatro do Sesi - SP;
- Coração na bolsa, de Marcus Leoni, com direção de Ruy Cortez. Montagem do Núcleo Experimental do Sesi. No Mezanino da Fiesp;
- A mecânica das borboletas, de Walter Daguerre, com direção de Paulo de Moraes. No Sesc Consolação;
- Menor que o mundo, de Leonardo Moreira. No Teatro do Sesi - SP;
- Anjo negro, de Nelson Rodrigues, com direção de Felipe de Menezes. Com o grupo Tenda Teatral. No Teatro Escola Macunaíma;
- Pessoas absurdas, de Alan Ayckbourn, com direção de Otávio Martins. No Teatro Jaraguá;
- Identidade (...), de Vinícius Piedade. No Sesc Consolação;
- A saga musical de Cecília desde as priscas eras até os dias de hoje no p..., de Carlos Francisco, com argumento de Dagoberto Feliz e direção de Danilo Grangheia. Com o Folias, no Galpão do Folias;
- Ifigênia, tragédia de Eurípedes adaptada por Cássio Pires, com direção de Marcelo Lazzaratto. Com a Cia. Elevador de Teatro Panorâmico, no Sesc Belenzinho;
- O filho eterno, de Cristóvão Tezza, com direção de Daniel Herz. Com Cia. de Teatro Atores de Laura, no Sesc Consolação;
- Novecentos, de Alessandro Baricco, com direção de Victor Garcia Peralta. No Sesc Pinheiros;
- As troianas - vozes da guerra, livre adaptação do texto de Eurípides, com direção de Zé Henrique de Paula. No Núcleo Experimental;
- Pelo telephone, de Claudio Simões, com direção de João Sanches. No Teatro Itália;
- Isso é o que ela pensa, de Alan Ayckbourn, com direção de Alexandre Tenório. No CCBB - SP;
- Pedro e o lobo, de Sergei Prokofiev, com direção e adaptação de Fernando Anhê. No Sesc Consolação;
- Paraíso, de Dib Carneiro (?), com direção de Antonio Abujamra. No Sesc Belenzinho;
- A Travessia da Calunga Grande, de Gabriela Almeida em parceria com a Cia Livre, com direção de Cibele Forjaz. No Sesc Pompéia;
- Filha, mãe, avó e puta - Uma entrevista, inspirada no livro homônimo de Gabriela Leite, com direção de Guilherme Leme. No CCBB - SP;
- Balaio, projeto realizado pelo Centro de Pesquisa Teatral do SESC (CPT), coordenado por Antunes Filho. No Sesc Consolação;
- Cravo, lírio e rosa, com Ricardo Puccetti e Carlos Simioni, do Lume Teatro. No Sesc Santana;
- Brincando com fogo, de August Strindberg, com direção de Nelson Baskerville. No Sesc Pompéia;
- Ensaio.HAMLET, inspirado na obra de Shakespeare e baseado na tradução de Millôr Fernandes. Direção de Enrique Diaz. Com a Cia dos Atores. No Sesc Belenzinho;
- O príncipe da Dinamarca, adaptado da obra de Shakespeare. Direção de Angela Brandini. Com a Cia. Vagalum Tum Tum. No Sesc Consolação.
- Festim diabólico, de Patrick Hamilton. Direção de Carlos Porto. No Teatro Nair Bello.
- Nise da Silveira - Senhora das imagens, de Daniel Lobo. No Teatro eva Herz.
- O idiota - uma novela teatral, de Fiódor Dostoievski. Direção de Cibele Forjaz. Com a Mundana Companhia.
- Palhaços, de Timochenco Wehbi, com direção de Gabriel Carmona. No Galpão do Folias.
- Os credores, de August Strindberg, com direção de Eduardo Tolentino de Araújo, com o Grupo Tapa. No Viga Espaço Cênico.
- Hécuba, de Eurípides, com direção de Gabriel Villela. No Teatro VIVO.
- A construção, de Franz Kafka, com direção de Roberto Alvim. No Sesc Pompéia.
- Sete, de Dione Carlos, com direção de Juliana Galdino. No Club Noir.
- Cine Camaleão – A Boca do Lixo, de Paulo Faria. Na Sede Luz do Faroeste.
- Talvez, de Álamo Facó, com direção de César Augusto. No Sesc Pinheiros.
- Correnteza, de Gabriela Mellão,  com direção de Maurício Paroni de Castro. No Sesc Consolação.
- 17 x Nelson - Se não é eterno, não é amor, inspirado na obra de Nelson Rodrigues, de Nelson Baskerville. No Teatro de Arena.
- Petróleo, de Alexandre dal Farra, com direção de Clayton Mariano. No Teatro Coletivo.
- A poltrona escura, de Luigi Pirandello, com direção de Roberto Bacci. No Sesc Pompéia.
- Palácio do fim, de Judith Thompson, com direção de José Wilker. No Sesc Consolação.
- Cartas a um jovem poeta, de Rainer Maria Rilke, com direção Arieta Corrêa, Claudio Cabral e Ivo Müller. No Sesc Consolação.
- R&J de Shakespeare - Juventude Interrompida, de Joe Calarco, com direção de João Fonseca. No Sesc Belenzinho.
- Lamartine Babo, de Antunes Filho, com direção de Emerson Danesi. No Sesc Consolação.

Teatro - Leitura
- O jardim, de Leonardo Moreira
- Música para cortar os pulsos, de Rafael Gomes
- La boule d'or, Jean Pierre Sarrazac
- O Rei da Vela, de Mario de Andrade
- Amor, de Renato Vianna
- A casa, de Marcus Leoni
- Jacob, de Marcus Leoni
- Eva, de João do Rio
- A bela da tarde, de Roberto Gomes
- O jardim silencioso, de Roberto Gomes
- A intrusa, de Maurice Maeterlinck
- Deus lhe pague, de Joracy de Camargo
- Maria Cachucha, de Joracy de Camargo
- Interior, de Maurice Maeterlinck
- A casa fechada, de Roberto Gomes
- Disco sujo, de Deco Cassavettes
- Rua do medo, de Leonardo Cortez

Ópera
Orfeu e Eurídice, de Christoph W. Gluck, com direção cênica de Antônio Araújo, na Praça das Artes
Uma Tragédia Florentina, de Erich Wolfgang Korngold, com direção cênica de Felipe Hirsch, no Theatro Municipal de São Paulo
Violanta, de Alexander von Zemlinsky, com direção cênica de Felipe Hirsch, no Theatro Municipal de São Paulo
O Crepúsculo dos Deuses, de Richard Wagner, com direção cênica de André Heller-Lopes, no Theatro Municipal de São Paulo
Pedro Malazarte, de Camargo Guarnieri, no Theatro Municipal de São Paulo
Magdalena, de Heitor Villa-Lobos, com direção cênica de Kate Whoriskey, no Theatro Municipal de São Paulo
Sombras - A nossa tristeza é uma imensa alegria, de Ricardo Pais, com a  a companhia do Teatro Nacional São João. No Sesc Pinheiros.

Música
- Otto - The moon 1111, no Boulevar São João
- Cauby Peixoto, no Sesc Ipiranga
- Concerto Inaugural da Sala do Conservatório Dramático e Musical, na Praça das Artes
- Otto - The moon 1111, no Sesc Vila Mariana
- Lady Gaga, no Estádio do Morumbi
- Gossip, no Festival Planeta Terra, no Jockey Clube
- Thiago Pethit, na Choperia do Sesc Pompéia
- Bibi - Histórias e canções, no Teatro Frei Caneca
- Alanis Morissette, no Credicard Hall
- Velha Guarda da Mangueira, na Choperia do Sesc Pompéia
- Céu - Caravana Sereia Bloom, no Parque do Povo
- Marcelo Camelo, no Sesc Belenzinho
- Elza Soares, no Sesc Consolação
- Paulinho da Viola, no Sesc Pinheiros
- Otto - Certa manhã acordei de sonhos intranquilos, no Sesc Pinheiros
- Ney Matogrosso - Beijo bandido, na Praça da República
- Filipe Catto - Fôlego, no Sesc Pompéia
- André Frateschi - Projeto Ator, cantor por opção, no Sesc Consolação

Livro
Bonsai, de Alejandro Zambra
Festa no Covil, de Juan Pablo Villalobos
No restaurante submarino, vários
A contadora de filmes, Hernán Rivera Letellier
A página assombrada por fantasmas, Antônio Xerxenesky
O livro de praga, de Sérgio Santana
Nunca vai embora, Chico Mattoso
E os hipopótamos foram cozidos em seus tanques, de Jack Kerouac e William S. Burroughs
Macunaíma, de Mario de Andrade
Os melhores jovens escritores brasileiros, vários
O sonho do Vitório
Cães Heróis, de Mário Bellatin
Freud - uma biografia em quadrinhos
O casamento da lua, vários
Welcome home (Fotografia), de Gui  Mohallem
Anti-fachada - Encadernação dourada (Fotografia), de Bob Wolfenson

Formação
- Palco Iberoamericano: Teatro no Contemporâneo | Oficina de Escrita na Cidade, com Jorge Louraço Figueira, na SP Escola de Teatro;
- Mimesis Espetacular: a margem de invenção possível, com Luiz Fernando Ramos, no Centro de Artes Cênicas, da ECA/USP;
- Teledramaturgia: Seriado, animação e humor, com Newton Cannito e Patricia Oriolo;
- Workshop de Dramaturgia, com a Cia. Hiato;
- Dramaturgia da cumplicidade, com Leonardo Moreira, no Centro Cultural B_arco;
- Exercício de crítica para a cena teatral contemporânea, com Kil Abreu, na SP Escola de Teatro;
- O Drama em questão: aspectos inovadores da dramaturgia brasileira [1910 - 1943], com Elen de Medeiros, no Centro de Artes Cênicas, da ECA/USP.

Exposição 
Massimo Listri - En perspectiva: el vacío interior, no MAM - Buenos Aires
Alejandro Somaschini - Caracol, no MAM - Buenos Aires
Margarita Paksa - Retrospectiva, no MAM - Buenos Aires
Intercâmbio Global - Abstracción Geométrica desde 1950, no MAC - Buenos Aires
Oscar Muñoz - Protografías, no MALBA - Buenos Aires
Arte Latinoamericano Siglo XX, no MALBA - Buenos Aires
Tracey Emin - How it feels, no MALBA - Buenos Aires
Amor Zerbini, no MAM - Rio de Janeiro
Roger Ballen, no MAM - Rio de Janeiro
Raul Mourão - Tração Animal, no MAM - Rio de Janeiro
30ª Bienal de São Paulo
Adriana Varejão - Histórias às margens, no MAM - São Paulo
Impressionismo, CCBB - SP
Ocupação - Nelson Rodrigues, Itaú Cultural
Lygia Clark, Itaú Cultural
Antony Gormley – Corpos Presentes, CCBB - SP
Helmut Newton, no Grand Palais, Paris
Néon, Who’s afraid of red, yellow and blue?, Maison Rouge, Paris
La Maison de Victor Hugo, Paris
Tim Burton, na Cinemathéque de Paris
La Triennale - Intense Proximité, no Palais de Tókyo, Paris
Christopher Wool, no MAM - Paris
CRUMB: De l'underground à la Genèse, no MAM - Paris
Alighiero Boeti: Game Plan, no TATE Modern, Londres
Yayoi Kusama, no TATE Modern, Londres
Matisse, Paires et séries, no Guggenheim Museum, Paris
O tridimensional no acervo do MAC, São Paulo
Wolfgang Tillmans, MAM - São Paulo
German Lorca, MAM - São Paulo
Jóias do deserto, Galeria de Arte do Sesi-SP
Ocupação - Angeli, Itaú Cultural
Jorge Amado e Universal, no Museu da Língua Portuguesa
Alberto Giacometti Coleção da Fondation Alberto et Annette Giacometti, Paris, na Pinacoteca do Estado de São Paulo
Lygia Pape - Espaço Imantado, na Estação Pinacoteca, São Paulo
São Paulo Mon Amour, no MUBE - São Paulo
India! Lado a lado, CCBB - SP
Guerra e paz, no Memorial da América Latina, São Paulo
ÍNDIA!, no Sesc Belenzinho
Percursos e afetos - Fotografias 1928/2011, na Pinacoteca do Estado de São Paulo
Jac Leirner, na Estação Pinacoteca, São Paulo
A Casa da Rua Guadelupe, na Estação Pinacoteca, São Paulo
Oswald de Andrade: o culpado de tudo, no Museu da Língua Portuguesa
Eliseu Visconti - a modernidade antecipada, na Pinacoteca do Estado de São Paulo

Dança e Performance 
Onieguin, com coreografia de John Cranko e música de Tchaikovski, no Theatro Colon
Tango Porteño, no NH Tango
Robert and Maria, durante o Festival de Dança Contemporâneo, no CCBB - SP
Stardust, com Silenciosas e GT'aime, de Diogo Granato, no Sesc Belenzinho
Nijinsky - Casamento com Deus, com Andrés Pérez Barrera, no Sesc Pinheiros
Flutuante, com a Companhia Flutuante, no Sesc Pompéia
Andradiana, com Balé da Cidade de São Paulo e Orquestra Sinfônica Municipal, no Theatro Municipal de São Paulo
Sketchbook, de Diogo Granato, no Sesc Pinheiros

Comer e beber
Ramona | Ita Comida Caseira | Bar do Salim | La Marie | Goshala | Meat Chopper | V. Café | Si Señor | Laieli Comida Árabe | Casinha de Monet | Le French Bazar | Almanara | Casa da Mortadela | Exquisito | 162 Station | Sancho Bar y Tapas | Kebabel | Empório São João | La Farina | Ugue's | Dona Onça | Marajá | Café Floresta | Faire La Bombe | Hamburgueria do Sujinho | Chez Lorena | Speranza | Rong He | Los Ruas | Nakombi | Bar do Biu | Rota do Acarajé | Halim | Pita Kebab | El Guaton | Kiloliba | Saj | Acrópoles | Tubaína Bar | Frevo | Obá | Sabiá | Le Pain Quotidien | Rinconcito Peruano | Casa do Pão de Queijo | Wraps | Subway | Starbucks | Kalili | Jardim di Napoli | América | The Gourmet Tea | Quitandinha | Bacio di Latte | Burguer King | Mc Donald´s | Habbib´s | Padaria Santa Ifigênia | Café Girondino | Casa Pilão | Ekoa Café | Havanna Café | Tavares | Amor aos pedaços | Urbe Café | Brigaderia | Cristallo | Dulca | Yogoberry | Hamburgueria 162 | Planeta´s | Piolin | Oregon | Rock´n´roll Burguer | Benjamin Abrahão | O pedaço da pizza | Freddo | Sorvetes Soroko | Bar da Absolut | Melograno | Ban | Banana Verde | Pizzaria Dona Veridiana | Lolita | Carlino | Café do Theatro Municipal | La Barca | Terraço Itália | Escondidinho da Amada | Gopala Hari | Nutrisom | Cantina Gigio | Apfel | Consulado da Bahia | Dulce France | H3 - New Hamburgology | Nello's Cantina | Kar Wua | Almodovar | Estação Fradique | Papo, pinga e petisco | Rose Velt | Subway | Cravo e canela | Pizza e vinho

Cinema
Colombiana, de Olivier Megaton
Marina Abramovic: The Artist Is Present, de Jeff Dupre e Matthew Akers
Era uma vez eu, Verônica, de Marcelo Gomes
Febre do Rato, de Cláudio Assis
Frankenwieene, de Tim Burton
Magic Mike, de Steven Soderbergh
007 - Skyfall, de Sam Mendes
Tropicália, de Marcelo Machado
Batman - O cavaleiro das trevas ressurge, de Christopher Nolan
Para Roma, com amor, de Woody Allen
Bonsai, de Cristián Jiménez
Coraline, de Henry Selick
Interlúdio, de Alfred Hitchcock
Noite de estreia, de John Cassavettes
Pina, de Win Wenders
O marido da cabeleireira, de Patrice Leconte
A dama de ferro, de Phyllida Lloyd
A garota da fábrica de caixa de fósforo, de Aki Kaurismäki
A separação, de Asghar Farhadi
A invenção de Hugo Cabret, de Martin Scorsese
O artista, de Michel Hazanavicius
Millenium - Os homens que não amavam as mulheres, de David Fincher
2 coelhos, de Afonso Poyart
Triangulo amoroso, de Tom Tykwer
As aventuras de Tintim, de Steven Spielberg
Super 8, de J. J. Abrams
O homem que mudou o jogo, de Bennett Miller
Gainsbourg - O homem que amava as mulheres, de Joann Sfar
Compramos um zoológico, de Cameron Crowe
O último dançarino de Mao, de Bruce Beresford
Meu malvado favorito, de Pierre Coffin
A Árvore da Vida, de Terrence Malick

Viagens
Ubatuba | Itamambuca | Paris | Londres | Bertioga | Rio de Janeiro | Curitiba | Buenos Aires | La Plata | Lujan

Um comentário:

isto não é um cachimbo disse...

ufa! (inspirado para andar com um caderninho em 2013)